Postagem em destaque

Mulher - Mãe

Homenagem às Mulheres pelo Dia Internacional da Mulher - 08 de Março de 2015   Lembras quando me destes tuas entranhas Para qu...

CIRANDAS

Outono – Nostalgia

Ah, que saudade daquela primavera
Em que meus olhos enchiam-se de flores
Dos campos de minha infância,
sofrida e encantada.

Que saudade daqueles verões cheios de
Fogo de paixões
Em que meu coração enchia-se de certezas
Do futuro tão incerto.

Ah, os meus invernos cálidos e solitários
Em que minhas lágrimas misturavam-se à chuva
E meu olhar perdia-se ante as águas que corriam
Calçadas afora...

Mas, encontrava-se lá no meio da chuva,
nos banhos alegres cheios de infância
ingênua e inquieta,
cheios de adolescência
apaixonada por tudo que tocava, sentia...

Ah, esse Outono de minha vida!
Agora sei tudo que pensava saber;
Agora sinto concreto todos os sonhos que idealizei
E temo o futuro que pensei houvesse chegado.

Mas, o futuro ainda é amanhã
Cheio de novas estações
Que abraçarão meus infinitos sonhos de Outono.




Madalena Gomes
Campina Grande, PB
12.03.2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário